Poesia

Meu anjo

Posted on

(Outubro, 2015)

Sempre tão perto,
tão junto a mim,
Meus olhos enganam,
Eu não o vejo ali.
Mas, a saudade chega,
Nele penso e choro
E mesmo distante,
Como um meteoro,
Me abraça, me beija
Me pega no colo.
Sobrevoo o mar,
Visito as estrelas,
Flutuo no ar.
Meu anjo sorri
Pra eu nao chorar.
Ele vai embora,
Ele vai voltar,
De vez em quando
Pra me consolar.

Leave a Reply

Your email address will not be published.